domingo, 11 de setembro de 2011

BRANDA DE SÃO BENTO DO CANDO, ENTRE GAVIEIRA E BRANDA D´AVELEIRA, NA SERRA DA PENEDA

GARRANO

Olá garrano lindo,
teu pasto está sucumbindo,
mas tuas crias vão nascendo,
resistem e vão crescendo.
Foges a desconhecidos,
preferes manter-te à distância,
tens receio dos indivíduos,
que te levam para falsa transumância.
És meigo, dócil, humilde,
a precisar de um carinho,
mas, és selvagem por natureza,
vives na serra e da sua grandeza.  
Vai bonito garrano,
reproduz a tua espécie,
vive em toda a serra,
mas volta porque és de S. Bento do Cando.
João da mestra 











Não deixe de visitar São Bento do Cando, a terra do lindíssimo garrano - o cavalo selvagem criado livremente nas serras da Peneda - e o seu elefante branco ( ! ! ! )...., ou será uma zebra de ferro? ! ? ! ? !


BRANDA DE SÃO BENTO DO CANDO






Quem rola pelo asfalto por entre serras, vales, florestas de verdes arvoredos e grandes penedos, durante horas e encontra São Bento do Cando, fica de imediato com muitas dúvidas; encontrou o céu, adormeceu no tempo e está na pré-história, ou como surgiu o que está a ver?
 São Bento do Cando pertence à freguesia da Gavieira e está na via que, depois de passar aquela,  nos leva para o Batateiro e a Branda da Aveleira.





















































































GARRANO




Olá garrano lindo,
teu pasto está sucumbindo,










mas tuas crias vão nascendo,
resistem e vão crescendo.









Foges a desconhecidos,
preferes manter-te à distância,





tens receio dos indivíduos,
que te levam para falsa transumância.




És meigo, dócil, humilde,
a precisar de um carinho,
mas, és selvagem por natureza,
vives na serra e da sua grandeza.  






Vai bonito garrano,
reproduz a tua espécie,
vive em toda a serra,
mas volta porque és de S. Bento do Cando.


majosilveiro

2 comentários:

raul silva disse...

obrigado amigo joão,é lindissimo com sempre.

lana maria disse...

Que lugar mais lindo...e tão bem descrito em poema!
Que o garrano encontre pasto e volte sempre ao seu lugar...